Pagina inicial de Salão Paranaense de Turismo

Esportes são tendência no turismo local

Esportes são tendência no turismo local

Surf arrecada 7 bilhões por ano no Brasil; esporte traz experiências de liberdade aos praticantes


O 25o Salão Paranaense de Turismo recebeu o Painel Turismo Náutico – realidade x oportunidades para o Paraná. Discorreram na ocasião, Rafael Andreguetto, Diretor técnico Paraná Turismo; Sergio Laus, do Guiness Book de surf na Pororoca, surfista profissional e apresentador do canal OFF; e Bernardo Sperandio, Diretor de relações com investidores da Hard Rock.

Bernardo Sperandio apontou a exclusividade dos padrões arquitetônicos e como os esportes, a natureza e o regionalismo são privilegiados pelo Hard Rock Hotel na Ilha do Sol, que ficará finalizado em 2020. O Hotel terá três restaurantes, três piscinas, 900m² em espaços de reuniões e eventos, além dos já mundialmente consagrados spa, espaço fitness e a Rock Shop® com todos os itens da marca.

Para finalizar, Serginho falou sobre o potencial dos esportes aquáticos no litoral do Paraná. Ele destacou os esportes de prancha, que oferecem experiência de liberdade e mudanças de comportamento aos seus praticantes. "O surf, por exemplo,é um estilo de vida", define. Esse esporte também surpreende na economia: ele arrecada 7 bilhões de reais por ano, sendo o terceiro maior mercado do esporte.

De fato, a inclusão do surfe como modalidade olímpica em Tóquio 2020 e a hegemonia dos surfistas brasileiros nos campeonatos mundiais estão turbinando os negócios. A conquista de dois campeonatos mundiais consecutivos, com Gabriel Medina (2014) e Adriano de Souza, o Mineirinho (2015), fez aumentar o número de praticantes e o interesse pelo estilo de vida praieiro, e isso também se reflete no turismo paranaense, que atrai diversos públicos de todo o Brasil para iniciar a prática. “Temos que instigar isso no setor, fomentar público e buscar estratégias para estruturar ainda mais o mercado, finaliza Serginho.

Baixar arquivo